Dois carros-bomba explodem nos arredores do palácio presidencial da Somália

Mogadíscio, 23 fev (EFE).- Dois carros-bomba do grupo jihadista Al Shabab explodiram na tarde desta sexta-feira na capital da Somália, nos arredores do palácio presidencial e da agência de inteligência somali, deixando um número ainda não determinado de mortos.

Um carro-bomba explodiu na porta principal da Villa Somalia, o palácio presidencial em Mogadíscio, e outro carro com membros do grupo jihadista Al Shabaab tentou entrar no edifício, segundo o oficial de inteligência Ali Shariif.

As forças de segurança do palácio evitaram que este segundo carro entrasse, matando um dos agressores e capturando outro, segundo as informações preliminares.

Ainda não se sabe se há outros mortos, mas as ambulâncias e os serviços de resgate estão trabalhando para socorrer as vítimas.

Ao mesmo tempo, outra explosão aconteceu no acesso à sede da Agência de Inteligência e Segurança da Somália (NISA) com a intenção de impedir as forças governamentais de chegarem ao palácio presidencial.

A Somália, que frequentemente é alvo de atentados do Al Shabab, sofreu o pior de sua história em outubro do ano passado: um ataque com caminhões bomba que deixou 512 mortos no total.

Segundo analistas locais, os problemas internos do governo e seu distanciamento da cúpula do exército permitiram aos jihadistas recuperar a capacidade de perpetrar ataques em larga escala.

A organização terrorista, que em 2012 se filiou à rede internacional da Al Qaeda, controla parte do território no centro e no sul do país e pretende instaurar um estado islâmico wahabista na Somália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos