Naufrágio de comboio de embarcações no nordeste da RDC deixam 49 mortos

Kinshasa, 25 mai (EFE).- Um naufrágio de um comboio de várias embarcações no rio Momboyo deixou 49 mortos, além de 52 pessoas que foram resgatadas, no noroeste da República Democrática do Congo (RDC), confirmaram nesta sexta-feira à Agência Efe autoridades locais.

O naufrágio aconteceu na noite de terça-feira, quando o comboio de canoas motorizadas dirigia-se a Mbandaka, capital da região de Equador e uma das zonas afetadas pelo último surto de ebola.

Até o momento, foram resgatadas com vida 52 pessoas, segundo o responsável da administração da cidade de Wafanya, Philemon Ilumbe.

"Foi difícil resgatar os naufrágos porque o incidente aconteceu durante a noite e não há eletricidade", explicou Ilumbe em conversa telefônica com a Efe, na qual disse que o resgate aconteceu muito mais tarde.

Não foram reveladas as causas do naufrágio, mas o tráfico fluvial é um método muito frequente de transporte nesta zona da RDC, com barcos que se locomovem sobrecarregados e rios, às vezes bravos, que não têm sinalização e nem iluminação.

O naufrágio de embarcações é frequente na RDC, onde as autoridades trabalham para regular o setor, no qual são inúmeras as embarcações improvisadas que transportam passageiros sem oferecer garantias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos