PUBLICIDADE
Topo

Aumentam para 51 o número de mortos por chuvas de monção no Nepal

09/07/2018 13h23

Katmandu, 9 jul (EFE).- As autoridades nepaleses elevaram nesta segunda-feira para 51 o número de mortos em vários locais do país por incidentes relacionados com as chuvas de monção, como inundações e deslizamentos de terra, desde a segunda-feira da semana passada.

O porta-voz do Ministério de Interior nepalês, Ram Krishna Subedi, explicou à Agência Efe que quatro pessoas morreram hoje nos distritos de Jhapa, Rupandehi, Siraha e Nawalparasi, e afirmou que as equipes de resgate do país estão em alerta.

Desde 2 de julho, dez pessoas estão desaparecidas pelas inundações e outras 22 ficaram feridas por causa das fortes chuvas que começaram no primeiro dia do mês, precisou Subedi.

Dentre as vítimas, 40 faleceram arrastadas pelas fortes correntes dos rios, outras seis morreram quando suas casas foram sepultadas por deslizamentos de terra e o resto das mortes ocorreu por incidentes como quedas de árvores e raios, detalhou hoje o Ministério do Interior em comunicado.

A temporada de monção no Nepal começa tradicionalmente em junho e acaba em setembro.

No ano passado, 134 pessoas morreram por causa de incidentes relacionados com a monção e mais de 190 mil casas foram destruídas ou parcialmente danificadas, segundo dados do Ministério do Interior nepalês.