PUBLICIDADE
Topo

Indicado por Trump para Suprema Corte inicia contatos com senadores

10/07/2018 15h43

Washington, 10 jul (EFE).- Brett Kavanaugh, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para ser juiz da Suprema Corte, iniciou nesta terça-feira no Capitólio os contatos com senadores, que deverão aprovar sua indicação para o cargo.

O vice-presidente do governo e chefe da Câmara Alta, Mike Pence, acompanhou Kavanaugh no Capitólio, onde teve reuniões com diferentes senadores para abordar o processo de aprovação por parte dos legisladores.

"Honrado por poder escoltar o juiz Kavanaugh ao Capitólio para seus encontros com membros do Senado. Esperamos e confiamos que o Senado ofereça um voto forte confirmando o juiz Kavanaugh como novo magistrado da Suprema Corte", disse Pence em sua conta no Twitter.

O líder da maioria republicana na câmara, Mitch McConell, recebeu a ambos ao chegar ao Congresso, depois de ter dado ele mesmo sua aprovação a Kavanaugh para que assuma suas funções, algo que previsivelmente ocorrerá antes das eleições legislativas de novembro.

Trump enviou hoje oficialmente ao Senado a candidatura de Kavanaug, informou a Casa Branca em comunicado, depois de nomeá-lo ontem para substituir o juiz Anthony Kennedy, um direitista moderado que anunciou sua aposentadoria no dia 27 de junho.

Após a indicação de Trump, o Senado - com leve domínio republicano - deverá dar sinal verde com uma maioria de 51 do total de 100 votos ao candidato proposto pelo presidente.

Kavanaugh, vinculado à família Bush, é um juiz de apelações no Circuito para o Distrito de Columbia, em Washington, e, caso seja confirmado, será o segundo magistrado do Supremo nomeado por Trump, depois de Neil Gorsuch, que em 2017 substituiu o falecido Antonin Scalia.

Apesar da ampla rejeição gerada na bancada da oposição, especialmente entre os líderes democratas, vários progressistas considerados moderados não destacaram votar a favor do escolhido pelo presidente.