PUBLICIDADE
Topo

Rebeldes iemenitas anunciam ataque com drone a aeroporto de Dubai

27/08/2018 16h14

Sana, 27 ago (EFE).- Os rebeldes houthis do Iêmen afirmaram nesta segunda-feira que lançaram um novo ataque com drones contra o Aeroporto Internacional de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

O porta-voz militar dos houthis, general Sharaf Lukman, disse à emissora "Al Masira", ligada aos rebeldes, que o Aeroporto Internacional de Dubai foi alvo de um "ataque aéreo de precisão" realizado por um drone Samad 3. No entanto, a Autoridade de Aviação Civil dos Emirados Árabes Unidos negam a informação.

Lukman destacou que o ataque "atingiu seus alvos" e provocou a paralisação das atividades do aeroporto. A Autoridade de Aviação Civil, porém, disse por meio da agência "WAM" que o tráfego de aeronaves funciona normalmente.

Este não foi o primeiro ataque do tipo anunciado pelos houthis. No último dia 26 de julho, os rebeldes iemenitas afirmaram que um drone controlado por eles causou um "incidente" no terminal 1 do Aeroporto Internacional de Abu Dhabi.

O aeroporto disse na época que o tráfego aéreo não foi afetado.

Os Emirados Árabes Unidos são o principal aliado da Arábia Saudita na coalizão militar que atua contra os houthis no Iêmen.

Os rebeldes costumam realizar ataques contra os sauditas com mísseis e outros tipos de projéteis lançados a partir do território do Iêmen contra o país vizinho. Não é comum que os houthis tenham os Emirados Árabes Unidos como alvo desse tipo de ação.

No entanto, Lukman afirmou que a ação de hoje confirma que os Emirados Árabes Unidos estão "no alcance dos ataques" e recomendou que as empresas estrangeiras deixem o país, um importante centro de negócios da região e hub logístico entre Ásia, África e Europa.