PUBLICIDADE
Topo

Jovem muçulmano acusado de roubar búfalo é linchado na Índia

30/08/2018 10h44

Nova Délhi, 30 ago (EFE).- Uma multidão linchou um muçulmano de 25 anos acusado de roubar um búfalo com a ajuda de outras três pessoas no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, informou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte policial.

O fato ocorreu na noite de ontem em um povoado do distrito de Bareilly, quando o proprietário do gado e um grupo de moradores da cidade surpreendeu quatro jovens que tentavam roubar um búfalo, afirmou à Agência Efe o superintendente da polícia da zona, Abhinandan Singh.

Segundo a fonte, o jovem morto, Shahrukh Khan, foi capturado e espancado pelos moradores antes de ser entregue às autoridades, que o levaram "imediatamente" ao hospital de Bareilly, onde não resistiu aos ferimentos.

Os moradores "descobriram que quatro pessoas iriam roubar um búfalo e começaram a persegui-las. Três delas escaparam com sucesso mas uma, Shahrukh Khan, acabou sendo atingida", afirmou Singh.

Foram os próprios moradores que, após dar uma surra no homem, chamaram as autoridades para entregar o suposto ladrão de gado, precisou.

As autoridades estão buscando os três supostos cúmplices de Khan e também estão investigando quem participou do linchamento, disse.

Nos últimos meses, os relatórios de linchamentos se multiplicaram no país, o que levou o Supremo Tribunal a condenar este tipo de incidente e pedir ao Parlamento a criação de uma lei específica para lutar contra estes atos.

O Governo anunciou a criação de um comitê para propor medidas contra os linchamentos.