PUBLICIDADE
Topo

Número de migrantes hondurenhos que voltaram pela Guatemala chega a 1.279

23/10/2018 00h23

Cidade da Guatemala, 22 out (EFE).- Em dois dias de implementação do plano retorno seguro, a Guatemala devolveu para Honduras 1.279 migrantes que integravam a caravana de centro-americanos, principalmente de hondurenhos, buscando chegar aos Estados Unidos, informaram nesta segunda-feira as autoridades de proteção civil guatemalteca.

A Coordenadora Nacional para a Redução de Desastres disse através de um comunicado, hoje à noite - e depois da reunião do último sábado entre os presidentes dos dois países, Jimmy Morales e Juan Orlando Hernández - retornaram via terrestre para Honduras 869 homens, 260 mulheres e 140 crianças.

Além disso, houve 10 pessoas, entre feridos, idosos e deficientes físicos, que foram regressados pela via aérea.

Pelo menos 7 mil pessoas fazem parte da caravana de migrantes que desde o último dia 13 avança em direção aos Estados Unidos, segundo informações da ONU.

Depois de viajar por uma semana pela Guatemala, o objetivo da caravana é alcançar a fronteira do México com os Estados Unidos.

Além disso, um novo grupo de 1,5 mil migrantes passou pela fronteira de Agua Caliente, em Honduras, e conseguiu se esquivar de um posto policial no departamento de Chiquimula, para chegar ao México e, finalmente, aos Estados Unidos.