PUBLICIDADE
Topo

Chefe da missão da ONU chega ao Iêmen para começar supervisão de trégua

22/12/2018 10h43

Sana, 22 dez (EFE).- O chefe da missão de observadores da ONU, general Patrick Cammaert, chegou neste sábado à cidade de Aden, onde fica a sede provisória do governo do Iêmen, para iniciar a supervisão do acordo de cessar-fogo em Hodeida, que vigora há cinco dias.

Fontes do aeroporto de Aden informaram à Agência Efe que Cammaert aterrissou nessa cidade e se reuniu imediatamente com o governador da província de Hodeida, Al Hassan Taher, e outros representantes do governo reconhecido internacionalmente.

A chegada de Cammeart ocorre horas após o Conselho de Segurança da ONU ter aprovado uma resolução que autoriza o envio de "uma equipe de missão avançada para começar a supervisionar, apoiar e facilitar a imediata aplicação do acordo de Estocolmo", que estabeleceu uma trégua em Hodeida entre o Exército governamental e os rebeldes houthis.

Essa equipe trabalhará por um período inicial de 30 dias, segundo a resolução, e os observadores podem percorrer a cidade e o porto de Hodeida, assim como os portos de Salif e Ras Isa, todos no litoral do mar Vermelho, no oeste do Iêmen.

O porta-voz das Nações Unidas, Stéphane Dujarric, não revelou ontem o número de observadores, mas detalhou que vários já participaram de outras missões da ONU e que eles não usarão uniformes militares, apenas distintivos especiais da organização internacional.

O cessar-fogo foi iniciado no dia 18 de dezembro e tem sido respeitado em grande parte, apesar de violações esporádicas e menores das quais as duas partes se responsabilizaram mutuamente.

A cidade é controlada pelos rebeldes desde 2014 e as forças governamentais a cercam atualmente, após uma ofensiva para retomar o controle em junho que foi suspensa duas vezes para dar lugar a conversas de paz. EFE