PUBLICIDADE
Topo

Morre bebê que sobreviveu após ser achado em privada de um trem na Índia

24/12/2018 06h29

Nova Délhi, 24 dez (EFE).- Um recém-nascido resgatado no sábado passado após ser tirado de um vaso sanitário de um trem morreu depois de receber tratamento médico durante mais de 24 horas em dois hospitais do estado de Punjab, no norte da Índia, informou hoje à Agência Efe uma fonte oficial.

Quando o trem parou no sábado passado em uma estação de Amritsar, capital regional, trabalhadores tentaram pôr água para limpar o vaso sanitário e se deram conta de que algo estava obstruindo o encanamento, explicou o inspetor da Polícia de Ferrovias do Governo na área de Thana, Balbir Singh.

A equipe de limpeza tirou do vaso sanitário o bebê, que tinha um tecido enrolado no pescoço que poderia ter sido utilizado para tentar estrangulá-lo, e o levou ao Hospital Civil de Amritsar, acrescentou a fonte.

Durante os dois dias seguintes recebeu tratamento nesse centro médico e depois no Hospital Missão Guru Nanak, onde finalmente morreu na noite de ontem.

Na semana passada, um bebê nascido durante o suicídio de sua mãe por enforcamento e achado pela Polícia pendurado pelo cordão umbilical morreu no estado de Madhya Pradesh, no centro do país.

Os médicos que atendiam o recém-nascido já tinham advertido que havia poucas probabilidades que sobrevivesse e, finalmente, a criança morreu na tarde da sexta-feira depois de ter estado exposto ao frio durante um período indeterminado de tempo. EFE