PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro lamenta acidente com barragem em MG e anuncia que visitará local

25/01/2019 16h32

Rio de Janeiro, 25 jan (EFE).- O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta sexta-feira o rompimento de uma barragem da Vale próxima à cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, e anunciou que irá visitar o local do acidente na manhã deste sábado.

Em mensagem publicada nas redes sociais, Bolsonaro ordenou que os ministros de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, Minas e Energia, Almirante Bento Costa Lima, e Meio Ambiente, Ricardo Salles, se dirijam imediatamente para a cidade, que fica perto de Belo Horizonte. Eles serão acompanhados do secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas.

Mais tarde, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, leu pronunciamento em que anunciou a intenção de Bolsonaro de visitar a região afetada pela tragédia na manhã de sábado.

"O presidente da República lamenta as eventuais perdas de vidas ocasionadas pelo rompimento da barragem na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. (Ele) determinou o imediato estabelecimento de gabinetes (de crise) para acompanhar a evolução da situação, tanto no Palácio do Planalto, quanto no Ministério do Meio Ambiente", informou o governo federal em nota.

No Twitter, Bolsonaro afirmou que o governo está tomando todas as medidas necessárias para atender às vítimas do acidente e expressou que a maior preocupação é atendê-las.

Após o rompimento da barragem, um rio de lama destruiu diversas casas próximas à Brumadinho. Por enquanto, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais não confirmaram se o vazamento deixou vítimas.

O incidente ocorre três anos depois do rompimento de uma barragem da Samarco na cidade de Mariana, também em Minas Gerais. O incidente, a maior catástrofe ambiental da história do país, deixou 19 mortos e perdas incalculáveis para a região. EFE