PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Macri recebe representante diplomática de Guaidó em Buenos Aires

29/01/2019 20h52

Buenos Aires, 29 jan (EFE).- O presidente da Argentina, Mauricio Macri, recebeu nesta terça-feira Elisa Trotta, a representante diplomática enviada a Buenos Aires pelo autoproclamado presidente em exercício da Venezuela, Juan Guaidó.

Segundo informou a presidência argentina, o encontro aconteceu na Casa Rosada, sede do Executivo argentino.

"Nós a estamos reconhecendo como representante diplomática do presidente em exercício", comentou o chanceler argentino, Jorge Faurie.

Trotta e outros nove representantes em países do continente americano foram designados nesta terça-feira por "unanimidade" pela Assembleia Nacional, que é presidida por Guaidó, um opositor ao regime de Nicolás Maduro que na semana passada se autoproclamou presidente interino do país.

"A abertura da embaixada será em algum momento posterior. A única coisa que há neste momento é que já existe uma representante do presidente em exercício, Juan Guaidó", declarou Faurie.

Através da sua conta no Twitter e pouco depois da sua designação, Trotta pediu hoje "a todas as organizações que estiveram e estão na Argentina trabalhando pela liberdade da Venezuela" para consolidar a "união" dos esforços "em uma mesma direção".

Consultado sobre a possibilidade que o Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela impeça a saída de Guaidó do país a pedido do procurador-geral, Tareq William Saab, o chanceler argentino advertiu que, se for tomada uma medida contra o presidente em exercício, a Argentina procederia com um protesto "imediato e um repúdio absoluto".

Segundo Faurie, uma decisão deste tipo "seria como tentar provocar uma aceleração rumo a uma violência inusitada".

"Entendemos que o regime de Maduro tem claro que a figura do presidente da Assembleia Nacional tem que ser especialmente cuidada neste momento", frisou o chanceler argentino. EFE

Internacional