PUBLICIDADE
Topo

Internacional

UE nega renegociação e diz que acordo assinado do "Brexit" é o único possível

29/01/2019 20h13

Bruxelas, 29 jan (EFE).- O Conselho Europeu reafirmou nesta terça-feira que o acordo do "Brexit", firmado com o governo do Reino Unido em novembro, é a melhor e única maneira para garantir uma saída ordenada da região do bloco europeu.

A reação do Conselho Europeu foi uma resposta ao resultado da votação de emendas ao acordo "Brexit" realizada hoje pela Câmara dos Comuns do Reino Unido. Uma das propostas pede que o governo de Theresa May renegocie a cláusula sobre a fronteira entre as Irlandas com os líderes europeus para que o acordo avance na casa.

"O mecanismo de salvaguarda da Irlanda é parte do acordo de saída, e ele não está aberto a renegociação", disse um porta-voz do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, em comunicado.

A Câmara dos Comuns aprovou hoje, por 317 votos a favor e 301 contrários uma emenda que pede que May negocie uma solução alternativa para a fronteira entre a Irlanda do Norte, que faz parte do Reino Unido, e a Irlanda, membro da UE, um dos principais obstáculos que impedem a ratificação do acordo pelos britânicos.

"Apreciamos e compartilhamos da ambição britânica para evitar um 'Brexit' sem acordo, mas o acordo firmado em novembro, ao qual os líderes europeus já deram seu apoio, é o único possível", ressaltou o porta-voz de Tusk.

Por outro lado, a UE disse estar disposta a fazer mudanças na declaração política sobre a futura relação com o Reino Unido e pediu que o governo britânico esclareça quais serão os próximos passos a serem tomados o mais rápido possível.

Segundo o porta-voz, o bloco continuará se preparando para todos os cenários, inclusive para a saída sem acordo do Reino Unido, assim como para a hipótese de a Câmara dos Comuns aprovar o pacto original assinado por May em novembro. EFE

Internacional