PUBLICIDADE
Topo

Adolescente é acusado de compartilhar imagens do massacre de Chirstchurch

18/03/2019 00h36

Christchurch (Nova Zelândia), 18 mar (EFE).- Um juiz da Nova Zelândia acusou nesta segunda-feira um adolescente por distribuir as imagens do atentado nas duas mesquitas de Christchurch, que foi transmitido ao vivo pelo agressor através do Facebook.

O jovem, de 18 anos, também foi acusado por publicar material diverso na semana anterior ao atentado, incluindo imagens da mesquita com as palavras "alvo identificado" e mensagens que incentivavam a violência.

O juiz do tribunal de Christchurch, que mantém o caso sob sigilo, aceitou o pedido de manter seu nome sob anonimato, mas rejeitou o pedido de liberdade sob pagamento de fiança.

Está previsto que o acusado deponha de novo no próximo dia 8 de abril.

O adolescente foi detido depois do ataque de sexta-feira e por causa da investigação aberta, confirmou no domingo a Polícia, que qualificou seu envolvimento no fato como "tangencial". EFE