PUBLICIDADE
Topo

Presidente do Líbano diz que Trump não pode dispor de territórios alheios

26/03/2019 06h41

Moscou, 26 mar (EFE).- O presidente do Líbano, Michel Aoun, afirmou nesta terça-feira que seu colega dos Estados Unidos, Donald Trump, não tem direito de dispor de territórios alheios, ao comentar a decisão deste de reconhecer a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã.

"Consideramos que o líder de um país estrangeiro não tem direito de dispor sobre territórios alheios", disse Aoun em reunião com o presidente da Duma, a câmara baixa do Parlamento russo, Viacheslav Volodin.

O chefe de Governo libanês, que faz sua primeira visita oficial à Rússia, advertiu também que a decisão de Trump pode gerar uma "escalada do descontentamento social, sem falar que ações como esta entram em contradição com o direito internacional e com as resoluções do Conselho de Segurança da ONU".

"De fato, hoje a situação do Oriente Médio é refém do estado das relações entre Rússia e Estados Unidos", disse Aoun, que hoje ainda se reunirá com o presidente russo, Vladimir Putin.

Volodin destacou que com suas ações o Governo dos EUA "prejudicam a segurança global e toma decisões que batem de frente com as resoluções da ONU, com o direito e os acordos internacionais".

Por isso, acrescentou Volodin, todos os países devem se pronunciar sobre o reconhecimento dos EUA da soberania israelense sobre as Colinas de Golã.

"Se o mundo vai caminhar para este tipo de decisões chegaremos a uma situação em que todos farão guerra contra todos", advertiu. EFE