PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

México tem pior marca de casos diários de coronavírus, com 6.288

28.mai.2020 - Cientista em hospital em Atlacomulco, no México, segura amostras de sangue de pacientes suspeitos de infecção pelo novo coronavírus - Ricardo Castelan Cruz/ Eyepix Group/Barcroft Media via Getty Images
28.mai.2020 - Cientista em hospital em Atlacomulco, no México, segura amostras de sangue de pacientes suspeitos de infecção pelo novo coronavírus Imagem: Ricardo Castelan Cruz/ Eyepix Group/Barcroft Media via Getty Images

24/06/2020 03h54

Cidade do México, 23 jun (EFE).- O México reportou 6.288 novas infecções pelo coronavírus nesta terça-feira, um novo recorde diário no país desde o início da pandemia, em fevereiro, e chegou a 191.410 casos confirmados, segundo informações divulgadas pelo diretor geral de epidemiologia do Ministério da Saúde, José Luis Alomía.

Ainda segundo Alomía, houve mais 793 mortes por covid-19 no país, o que elevou o total a 23.377, 299 a menos que no pior dia em número de óbitos no país, 3 de junho.

O México ocupa a 13ª posição no mundo em número de casos e a sétima em mortes, de acordo com relatórios da Organização Mundial da Saúde (OMS). O número de contágio no país quase dobrou em três semanas - eram em 1º de junho, segundo as autoridades mexicanas.

Alomía informou que do número total de casos confirmados, 24.387 são pacientes que desenvolveram seus sintomas nos últimos 14 dias e, portanto, são considerados como parte ativa da doença causada pelo patógeno.

A Cidade do México e o Estado do México são os estados com o maior número de infecções, seguidos por Tabasco e Veracruz, com mais de 8 mil cada, disse o diretor geral.

Nesta semana, o semáforo epidemiológico mantém 17 estados em laranja, um alto nível de risco, mas onde as academias podem funcionar com 50% da capacidade total, enquanto cinemas, teatros, museus, shoppings e templos religiosos podem abrir para um público de 25% de sua capacidade. Os 15 restantes estão em vermelho, em perigo máximo. EFE

jth/dr

(foto)