PUBLICIDADE
Topo

Continente americano se aproxima da marca de 20 milhões de casos de Covid-19

28/10/2020 18h15

Genebra, 28 out (EFE).- Os casos globais de Covid-19, nesta quarta-feira, somam 43,5 milhões, com as 359 mil infecções registradas nas últimas 24 horas, e o continente americano está perto de ultrapassar a marca de 20 milhões de contágios e a Europa a de 10 milhões, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

As duas regiões, juntamente com o sul da Ásia, que hoje ultrapassou a barreira dos nove milhões de casos, concentram quase 90% dos positivos confirmados no mundo.

As mortes na pandemia permanecem em 1,1 milhão, mais da metade delas relatadas no continente americano (627 mil), enquanto a Europa somou mais 270 mil e o sul da Ásia, 141 mil, então as três regiões também são responsáveis por quase 90% dos óbitos registrados no mundo.

A curva de contágio diário continua aumentando acentuadamente no continente europeu, embora os números tenham caído nos últimos dias, após um pico de quase 240 mil no último fim de semana e agora está em cerca de 170 mil.

No continente americano, o gráfico também subindo, embora de forma mais moderada, e gira em torno de 150 mil casos diários, enquanto no sul da Ásia está claramente em declínio.

Os Estados Unidos continuam sendo o país com o maior número absoluto de casos, 8,6 milhões, enquanto a Índia está prestes a ultrapassar a marca de oito milhões. Eles são seguidos por Brasil (5,4 milhões de infecções), Rússia (1,5 milhão) e França (1,1 milhão).

A Argentina, Espanha e Colômbia também ultrapassam um milhão de casos, enquanto México e Reino Unido estão prestes a chegar a 900 mil.

São 32,5 milhões de pacientes recuperados no planeta, uma percentagem que se aproxima dos 75% do total, mas que está em declínio devido ao forte aumento das infecções nas últimas semanas.

O número de pacientes em estado grave ou crítico também está aumentando lentamente e agora ultrapassa 80 mil, embora ainda representem apenas 1% dos casos ativos.