PUBLICIDADE
Topo

Portugal fecha todas instituições de ensino por conta da Covid-19

22/01/2021 16h09

Lisboa, 22 jan (EFE).- Portugal, a partir desta sexta-feira, está com todas as instituições de ensino fechadas, medida que estará em vigor nos próximos 15 dias e que foi tomada pelo governo diante do aumento descontrolado dos casos de Covid-19, que ontem bateu novo recorde com 221 mortes em um dia.

Das creches às universidades fecharam as portas, no que está sendo considerado uma espécie de férias escolares antecipadas, uma vez que nestas duas semanas não haverá aulas à distância.

Esses 15 dias sem aulas serão compensados no calendário escolar.

As escolas fecham uma semana após o início do confinamento em Portugal, que deve durar um mês, para frear a terceira onda que está sendo devastadora para o país, especialmente devido ao impacto da variante britânica da Covid-19.

Essa cepa teve uma prevalência de 8% na semana passada, 20% nesta semana e estudos indicam que pode chegar a 60% em breve, alertou o governo.

Portugal, com dez milhões de habitantes, soma quatro dias consecutivos com recordes de mortes (167 na segunda-feira, 218 na terça, 219 na quarta e 221 na quinta) e assiste ao disparo das infecções, que nos últimos dois dias rondavam as 14 mil.

Desde o início da pandemia, Portugal soma 9.686 mortes e 595.149 casos, dos quais 151.226 estão ativos. EFE

cdb/phg