PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Vacinação ameniza impacto da 4ª onda de covid-19 na Espanha

12/04/2021 22h41

Madri, 12 abr (EFE).- A Espanha continua notando o efeito da Semana Santa na evolução da quarta onda de covid-19, com um aumento no número de casos, 78.862 desde 1º de abril, mas em ritmo de crescimento menor do que em outras ondas graças à vacinação, segundo as autoridades sanitárias.

Os dados divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde espanhol começam a refletir o aumento da circulação e dos contatos durante os dias festivos, principalmente na taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTI), que passou de 18,4% para 21,5% nos 12 primeiros dias do mês. Desde a sexta-feira, foram notificados mais 22.744 novos positivos e 197 mortes, de acordo com o último balanço divulgado.

Nas UTIs espanholas há 2.163 doentes de covid-19, 113 a mais do que na sexta-feira. Ao todo, a Espanha contabiliza 76.525 mortes e 3.3370.256 contágios desde o começo da pandemia.

"Há um aumento na transmissão, mas não na velocidade que foi observada em outras ondas", disse o epidemiologista Fernando Simón, porta-voz da Saúde para a pandemia, que destacou o efeito da vacinação no ritmo mais lento da transmissão actual.

"A vacinação vai nos permitir controlar a epidemia e sair desta situação", analisou.

A Espanha aplicou em uma semana 2.041.303 vacinas contra a covid-19. A campanha avança para a sua capacidade máxima semanal planejada pelo governo para administrar mais de 3 milhões de doses.

O número total de pessoas que receberam pelo menos uma dose das vacinas na Espanha sobiu para 7.676.560, o equivalente a 16,2% da população. Já o número de pessoas que receberam o calendário completo de vacinação é de 3.108.437, 6,6% da população.