PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

México iniciará vacinação de menores com comorbidades em outubro

24/09/2021 15h01

Cidade do México, 24 set (EFE).- O governo do México anunciou nesta sexta-feira que será iniciado no início de outubro o processo e vacinação contra a covid-19 de menores de idade com doenças crônicas ou outros problemas graves de saúde.

"Estamos analisando o que está sendo feito em outros países e realizando uma revisão técnica", disse o subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde do país, Hugo López-Gatell, em entrevista coletiva.

O representante do governo explicou que a decisão acontece de acordo com o que está sendo estabelecido pelas agências internacionais e regionais, que "seguem mantendo a postura" de priorizar pessoas com mais de 18 anos, mas também de levar em conta pessoas com doenças crônicas, mesmo menores de idade.

Entre as comorbidades que estão sendo levadas em conta estão as imunodepressoras, como câncer, aids, transplantes, doença pulmonar crônica grave, problemas renais, do fígado ou sistema digestivo, diabetes, entre outras.

Adolescentes grávidas também fazem parte do público que será imunizado a partir de outubro, de acordo com o subsecretário.

López-Gatell explicou, no entanto, que o processo de vacinação será diferente, sem datas especificas para a procura pelos locais de aplicação. A partir da segunda semana do próximo mês, durante a visita de um menor ao hospital, será feita a aplicação de imunizante.

O integrante do governo lembrou que, por enquanto, somente será usada a vacina desenvolvida pelos laboratórios Pfizer e BioNTech, "porque é a única que demonstrou eficácia em menores".

Até ontem, o México só vacinou maiores de 18 anos, aplicando 97,52 milhões de doses. Ao todo, cerca de 70% da população dessa faixa etária recebeu, pelo menos, uma dose na campanha de imunização do país.