PUBLICIDADE
Topo

Estudo sobre derivados do ópio cita Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique

30/03/2016 16h33

Unodc revela impacto em África de substâncias derivadas da droga produzida no Afeganistão; exemplos mencionam ação de africanos como traficantes, usuários e contrabandistas. Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. Cerca de 11% dos usuários globais das substâncias derivadas do ópio vivem em África, segundo um novo relatório lançado esta quarta-feira pelo Escritório das [...]