Giro UOL traz os destaques da noite desta quinta, 31/03, para você; ouça

Saulo Novaes

Do UOL, em São Paulo

STF mantém decisão de Zavascki

Por 8 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal confirmou que o próprio STF vai determinar se os grampos relacionados ao ex-presidente Lula voltam ou não para o juiz federal Sérgio Moro. O novo julgamento ainda não foi marcado.

A decisão acompanhou o parecer dado na semana passada pelo ministro Teori Zavascki, que é o relator dos processos da Lava Jato no Supremo. Zavascki argumentou que a divulgação das conversas interceptadas "comprometeu o direito fundamental à garantia de sigilo, que tem assento constitucional".

Leia mais

 

Atos dentro e fora do país

No dia que marca os 52 anos do Golpe de 64, manifestantes contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff se mobilizam em várias cidades brasileiras, no que é chamado de Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Democracia.

Foram registradas manifestações em praticamente todos os Estados e no Distrito Federal, além de atos em algumas cidades do exterior.

Leia mais

 

"Meu Deus do céu"

Em meio à discussão do processo de impeachment, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, disse que o país enfrenta um problema de "falta de alternativa" e comentou em tom crítico a possibilidade de o PMDB assumir o poder.

Durante uma audiência dada por Barroso a alunos da Fundação Lemann na Corte, o ministro exclamou "Meu Deus do céu! Essa é a nossa alternativa de poder", citando como exemplo a foto publicada ontem pelos jornais em que caciques do PMDB anunciaram a debandada do governo.

Leia mais

 

"Faltou inteligência"

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou hoje que considerou como "precipitada" a reunião da Executiva Nacional do PMDB que determinou o rompimento formal do partido com o governo.

Renan diz que havia um acordo firmado no último dia 12, quando o vice-presidente Michel Temer foi eleito para mais um mandato à frente da legenda, de não se votar nenhuma moção. O senador criticou o ato dizendo que "não foi um movimento inteligente" do partido.

Leia mais

 

Maiores altas e baixas

A Bolsa fechou em queda de 2,33%, com 50.055,27 pontos, interrompendo uma sequência de três altas seguidas. Apenas 3 das 61 ações do Ibovespa tiveram valorização. Mesmo assim, a Bolsa fecha março com ganhos de 16,97%, a maior alta mensal desde outubro de 2002.

No mercado de câmbio, o dólar também teve queda, de 0,68%, para R$ 3,596. Com isso, a moeda norte-americana encerra março com desvalorização de 10,17%, a maior baixa mensal desde abril de 2003.

Leia mais

 

Economia em queda               

O Banco Central prevê queda de 3,5% do PIB e inflação de 6,6% neste ano. A projeção é pior do que a divulgada no último relatório, em dezembro, quando o encolhimento da economia era de 1,9%, e a inflação, de 6,2%.

Com isso, para o ano que vem a expectativa é que a inflação chegue a 4,9%, também pior do que a previsão anterior, que era de 4,8%.

Leia mais

 

Alerta para a gripe H1N1

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje a primeira morte provocada pelo vírus da gripe H1N1 neste ano no Estado. Em 2015 não foi registrado nenhum caso.

O surto da doença já tinha causado 45 mortes neste ano no país. Desse total, 38 delas foram no Estado de São Paulo.

Leia mais

 

Mais brasileiros que espanhóis

No clássico entre Barcelona e Real Madrid, que acontecerá no sábado pelo Campeonato Espanhol, a tendência é que mais brasileiros estejam em campo do que espanhóis. Nas prováveis escalações, Daniel Alves e Neymar devem ser titulares pelo Barcelona, e Danilo, Marcelo, Casemiro e Pepe podem representar o país pelo Real Madrid - lembrando que Pepe é naturalizado português.

Caso o técnico Zinedine Zidane confirme Casemiro no Real Madrid, o clássico começaria com seis atletas nascidos no Brasil e cinco espanhóis. As duas nacionalidades, juntas, iriam corresponder a 50% dos jogadores em campo.

Leia mais

 

Alonso fora

O piloto Fernando Alonso, da McLaren, está fora do GP do Bahrein da Fórmula 1. No último dia 20 ele sofreu um grave acidente no GP da Austrália que o deixou com uma lesão na costela.

Ele será substituído nesta etapa pelo piloto reserva da equipe, o belga Stoffel Vandoorne, campeão da GP2 do ano passado.

Leia mais

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos