Temer deve ligar para Trump em busca de oportunidades de negócios nos EUA

Alonso Soto e Anthony Boadle

Em Brasília

  • Doug Mills/The New York Times

O presidente Michel Temer planeja ligar para o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, na próxima semana, uma vez que o Brasil busca oportunidades de negócio que podem se abrir caso Trump dê continuidade à sua promessa de campanha de reescrever um acordo de comércio com o México.

Uma autoridade de alto escalão do governo brasileiro disse nesta quinta-feira (8) que Temer iria ligar para Trump em sua primeira conversa desde que o empresário de Nova York foi eleito para a Casa Branca no mês passado.

Temer enviou um telegrama parabenizando Trump ao invés de ligar para ele logo após sua eleição, como fizeram outros líderes latino-americanos.

As promessas de Trump durante a campanha de proteger companhias dos Estados Unidos ao limitar o comércio preocuparam investidores brasileiros, mas a gestão Temer, sob pressão para resgatar uma economia presa em uma recessão que já dura dois anos, vê um lado bom para negócios locais.

As indústrias brasileiras, se beneficiando de um real mais fraco, podem aumentar sua participação de mercado nos Estados Unidos se Trump cumprir suas ameaças de rever ou desistir do acordo de livre comércio norte-americano com seus vizinhos México e Canadá. Trump assume em 20 de janeiro.

"Ainda não sabemos qual será a estratégia de Trump com relação ao Brasil, mas podem surgir oportunidades", disse a autoridade, que pediu anonimato para falar livremente. "Essa é nossa abordagem inicial."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos