Impressões digitais de suspeito de ataque em Berlim são encontradas na porta de caminhão

BERLIM (Reuters) - Investigadores encontraram impressões digitais do tunisiano suspeito pelo ataque a um mercado natalino de Berlim na porta do caminhão que foi lançado contra a multidão e matou 12 pessoas, relatou a mídia alemã nesta quinta-feira, em meio a uma caçada nacional pelo imigrante.

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque, no qual um caminhão foi atirado contra barracas de madeira que vendiam vinho quente e salsichas na noite de segunda-feira. Foi o atentado mais mortífero na Alemanha desde 1980.

A mídia não identificou a fonte da reportagem sobre as digitais de Anis Amri, e a polícia não quis comentar quando foi contatada pela Reuters.

O ataque em Berlim despertou temores em toda a Europa devido à proximidade do Natal, e mercados da França, que foi alvo de uma série de ações de militantes ao longo do ano passado, reforçaram a segurança com barreiras de concreto. Soldados também estão sendo posicionados em igrejas.

O mercado berlinense reabriu nesta quinta-feira cercado de pilares de concreto.

A polícia de Dortmund, cidade do oeste alemão, prendeu quatro pessoas que mantinham contato com Amri, segundo reportagens, mas o porta-voz do procurador-geral da Alemanha negou a notícia e disse que não dará maiores detalhes sobre a operação para não colocá-la em risco.

O jornal Bild citou um investigador antiterrorismo segundo o qual durante a primavera local ficou claro que o suspeito tunisiano de 24 anos estava procurando cúmplices para um ataque e que estava interessado em armas.

A reportagem diz que em março foram iniciados procedimentos preliminares contra Amri baseados em informações de que ele planejava um roubo para obter dinheiro para comprar armas automáticas e "possivelmente realizar um ataque com elas e outros cúmplices".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos