Preços do aço na China caem com receios de queda da demanda

PEQUIM (Reuters) - Os preços do vergalhão de aço na China caíram mais de 2 por cento nesta quinta-feira, revertendo os ganhos do dia anterior, enquanto o carvão de coque permaneceu em queda, com preocupações sobre o enfraquecimento da demanda retornando em uma negociação volátil de fim de ano.

"O recuo mostra que os operadores não estão confiantes sobre o mercado de aço e a demanda futura durante o inverno", disse Wang Yilin, analista de aço da Sinosteel Futures.

O contrato de vergalhão mais ativo para entrega em maio na Bolsa de Futuros de Xangai recuou 2 por cento, para 2.951 iuanes (424,35 dólares) a tonelada.

Os preços têm oscilado nesta semana, em meio ao baixo volume de negócios nas grandes bolsas com os feriados de fim de ano.

O minério de ferro da Bolsa de Dalian subiu 0,1 por cento, para 564,5 iuanes por tonelada.

As usinas de aço normalmente reduzem sua produção à medida que a indústria da construção desacelera durante os meses de inverno e antes do feriado do Ano Novo Lunar Chinês no final de janeiro.

Os fechamentos de fábrica devido à poluição generalizada no norte da China na semana passada renovaram as preocupações de que o consumo de matérias-primas, como minério de ferro e carvão de coque, pode cair mais do que o habitual nesta época do ano.

Os mercados futuros de carvão de coque da Bolsa de Dalian recuaram 1,7 por cento, para 1.163 iuanes por tonelada, depois de caírem para a mínima desde 18 de outubro na terça-feira.

(Por Josephine Mason)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos