Polonês é preso após avião fazer pouso de emergência em Praga

PRAGA (Reuters) - A polícia da República Tcheca deteve um homem polonês após um avião de passageiros que partiu da Espanha em direção a Varsóvia fazer um pouso de emergência em Praga na sexta-feira devido a uma ameaça de bomba, disse o ministro do Interior tcheco, Milan Chovanec.

O avião foi estacionado longe do terminal principal do aeroporto de Praga enquanto a polícia investiga o incidente. Sites de rastreamento de voos mostrou que aviões voltaram a pousar no aeroporto.

Chovanec, falando para Czech Television, se recusou a dizer se algum dispositivo explosivo foi encontrado no homem detido até que seja concluído o trabalho da polícia. Mas posteriormente o ministro tuitou: "Não parece ser um ataque terrorista" e "situação sob controle".

Um porta-voz da Czech Air Navigation Services disse que os pilotos do avião Boeing 737, operado pela empresa polonesa Enter Air, pediram para pousar em Praga por causa de uma ameaça.

A Czech Television noticiou que o voo saiu das ilhas Canárias, com 160 passageiros a bordo, majoritariamente poloneses. Todos foram retirados do avião e ninguém ficou ferido.

(Por Jason Hovet)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos