Veredicto sobre Brexit não altera cronograma para saída da UE, diz porta-voz de May

Em Londres

  • Kirsty Wigglesworth/AP

    A premiê britânica Theresa May

    A premiê britânica Theresa May

O Reino Unido dará início ao processo formal para deixar a União Europeia até o final de março, apesar de uma decisão judicial que determina que o governo busque aprovação parlamentar para a medida, disse nesta terça-feira (24) um porta-voz da primeira-ministra britânica, Theresa May.

A mais alta instância judicial britânica rejeitou o argumento do governo de que May poderia simplesmente usar seu poder executivo, conhecido como "prerrogativa real", para invocar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa da UE e iniciar dois anos de negociações para a saída do Reino Unido do bloco.

"O povo britânico votou para deixar a UE, e então o governo irá entregar com base na escolha -- acionar o Artigo 50, como planejado, até o final de março. A decisão de hoje não muda isto", disse o porta-voz.

"Respeitamos a decisão da Suprema Corte, e iremos apresentar os próximos passos ao Parlamento em breve", acrescentou. (Reportagem de William James)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos