Colheita de soja avança no Paraguai e safra pode superar 9 mi t

ASSUNÇÃO (Reuters) - A colheita de soja no Paraguai alcançou 50 por cento da área com bons avanços, o que alimenta expectativas para uma produção superior aos 9,2 milhões de toneladas da safra anterior, disse nesta quinta-feira o presidente da câmara de exportadores.

O país, que é o quarto maior exportador mundial da oleaginosa, plantou cerca de 3,3 milhões de hectares em outubro de 2016 e espera concluir a colheita --que começou com 20 dias de atraso-- no fim de março.

"A avaliação da colheita é positiva, exceto em algumas regiões como San Pedro e partes de Canindeyú, onde os rendimentos não alcançaram os níveis esperados. O país se encontra com uma condição muito boa, em alguns casos excelente", disse José Berea, presidente da Câmara Paraguaia de Exportadores e Comercializadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco).

A safra 2016/17 começou com cautela devido às previsões da presença do fenômeno La Niña, que reduz as chuvas, mas o clima foi favorável em grande parte do país e permitiu um bom desenvolvimento das lavouras.

"As produtividades foram de boas a muito boas no país todo, então acredito que teríamos que manter a média nacional, que no ano passado esteve acima dos 2.800 kg por hectare... acho que vamos inclusive superar a produção do ano passado", acrescentou.

O Paraguai produziu 9,2 milhões de toneladas na safra 2015/16 em uma área de cerca de 3,2 milhões de hectares, segundo dados da Capeco.

(Por Mariel Cristaldo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos