Chefe de regulador dos EUA diz não esperar revisar fusão da AT&T e da Time Warner

WASHINGTON (Reuters) - O chefe da FCC, a Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos, não espera revisar a planejada aquisição de 85,4 bilhões de dólares da Time Warner pela AT&T, disse nesta segunda-feira um porta-voz da agência.

Ajit Pai, presidente da FCC, disse ao Wall Street Journal em entrevista nesta segunda-feira no Mobile World Congress em Barcelona que ele não prevê um papel para a agência na aquisição, e os seus comentários foram confirmados à Reuters por Neil Grace, porta-voz da FCC.

Na quinta-feira passada, a Time Warner disse que planejava vender uma estação de transmissão em Atlanta para a Meredith por 70 milhões de dólares, o que poderia acelerar a planejada fusão com a AT&T. Pai não quis dizer na quinta se ele usaria essa transferência para tentar avaliar a fusão.

Em janeiro, a AT&T afirmou que esperava evitar a FCC porque não buscaria transferir as licenças da Time Warner.

Uma dezena de senadores pediram que ele revisasse o negócio.

A estação que a Time Warner está vendendo em Atlanta é a sua única estação de transmissão regulada pela FCC. A Meredith tem operado a estação para a Time Warner desde 2011.

A Time Warner declarou no mês passado que esperava precisar somente da autorização do Departamento de Justiça.

O departamento, que está avaliando documentos sobre a fusão, tem que provar que o negócio prejudica a competição para poder bloqueá-lo.

A FCC tem uma margem ampla para impedir uma fusão que considere que não seja do interesse público e pode impor condições adicionais.

Randall Stephenson, executivo-chefe da AT&T, disse à CNBC neste mês que a revisão do Departamento de Justiça estava em andamento e que ele pensava que o acordo seria fechado até o fim deste ano. "É uma transação limpa", afirmou.

(Reportagem de David Shepardson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos