Grupo de países vai exortar Venezuela a restabelecer "normalidade democrática"

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México está trabalhando com vários outros países das Américas sobre uma posição comum para estimular a Venezuela a restabelecer a "normalidade democrática", disse o ministro das Relações Exteriores mexicano, Luis Videgaray, nesta quinta-feira, aumentando a pressão regional sobre a nação sul-americana.

Videgaray disse que México, Chile, Colômbia, Argentina, Guatemala, Canadá, Peru e os Estados Unidos, entre outros, discutirão sua posição na Organização dos Estados Americanos (OEA) após um apelo do chefe do bloco diplomático para expulsar a Venezuela, caso não sejam realizadas eleições rapidamente.

(Por Alexandra Alper)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos