Polícia e manifestantes entram em confronto durante reunião do G7

GIARDINI NAXOS, Itália (Reuters) - Um grupo de manifestantes tentou neste sábado furar um cordão de isolamento feito pela polícia no fim de uma passeata contra um encontro de líderes mundiais na Sicília, entrando em conflito com forças de segurança, que usaram gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

    Após centenas de pessoas terem marchado pacificamente pelas ruas da cidade costeira de Giardini Naxos, perto de onde o G7 se reuniu, um grupo de cerca de 100 pessoas passou a enfrentar a polícia que protegia a reunião.

    Quando eles tentaram ultrapassar o cordão pela praia, a polícia usou gás lacrimogêneo. Os manifestantes tiveram que limpar seus olhos com água, e pelo menos um ferido foi levado por uma ambulância.

    A Itália tomou grandes medidas de segurança contra os manifestantes, que acusam os líderes mundiais de ignorar os interesses do povo.

    O protesto parecia ter metade das 3.500 pessoas esperadas para o ato.

(Por Steve Scherer e Sasa Kavic)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos