Maduro diz que prédio da Suprema Corte da Venezuela foi atacado por helicóptero

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta terça-feira que um helicóptero da polícia atacou a Suprema Corte em Caracas, mas que uma granada jogada contra o prédio não explodiu.

Em discurso na TV estatal, o presidente de 54 anos, que enfrenta há três meses protestos da oposição e alguma dissidência dentro do governo, disse que as forças especiais venezuelanas estão buscando os "terroristas" por trás do ataque.

(Reportagem de Silene Ramírez)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos