Casa Branca minimiza reunião de filho de Trump com advogado russo no ano passado

WASHINGTON (Reuters) - Não há nada de inapropriado na visita que o filho do presidente Donald Trump fez a um advogado russo durante a campanha presidencial no ano passado, disse a Casa Branca nesta segunda-feira, acrescentando que foi um encontro breve e que não teve "nenhum prosseguimento".

"A única coisa que eu vejo de inapropriado sobre a visita foram as pessoas que vazaram a informação sobre ela depois de ter sido revelada voluntariamente", disse a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, em uma coletiva de imprensa, acrescentando que é algo rotineiro durante uma campanha política que pessoas liguem oferecendo informações.

"Don Junior fez uma reunião muito breve, que teve absolutamente nenhum prosseguimento", disse Sanders.

(Por Steve Holland)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos