Militantes atacam base militar da Somália e deixam ao menos 15 mortos

Por Feisal Omar e Abdi Sheikh

MOGADÍSCIO (Reuters) - Combatentes do Al Shabaab mataram ao menos 15 soldados em um ataque contra uma base militar perto de Mogadíscio, a capital da Somália, informaram o grupo militante e autoridades do país, nesta sexta-feira.

Os militantes usaram armas e carros-bomba para tomar controle da base e de uma cidade próxima, Barire, que fica 50 quilômetros a sudoeste de Mogadíscio, em um ataque na manhã desta sexta-feira.

Os combatentes também levaram 11 caminhonetes equipadas com metralhadoras, disse Abdiasis Abu Musab, porta-voz de operações militares do Al Shabaab.

"Os outros soldados correram desordenadamente para a floresta. Nós controlamos agora a base e o vilarejo", disse.

Um agente militar da Somália disse que o ataque deixou 15 mortos. O Al Shabaab afirmou que 21 pessoas morreram. O governo e o grupo militante frequentemente informam números de mortes diferentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos