Premiê espanhol pede calma e diz que Estado de Direito será restaurado na Catalunha

MADRI (Reuters) - O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, pediu calma à população nesta sexta-feira, em um tuíte publicado minutos depois que o Parlamento regional da Catalunha declarou independência do restante do país, em contestada votação que provavelmente será considerada ilegal.

"Eu peço por calma de todos os espanhóis. O Estado de Direito irá restaurar a legalidade na Catalunha", escreveu Rajoy.

(Reportagem de Inmaculada Sanz)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos