Presidente francês manifesta apoio total a premiê espanhol por crise na Catalunha

CAYENNE (Reuters) - O presidente francês, Emmanuel Macron, disse nesta sexta-feira que dá apoio total ao primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, em relação à crise que acontece na Catalunha.

O governo espanhol se moveu para impor o regime direto sobre a Catalunha, retirando a autonomia da região menos de uma hora depois de o parlamento local declarar independência em um claro desafio a Madri.

"Sempre disse que tenho um interlocutor na Espanha, e é o primeiro-ministro Rajoy", disse Macron a jornalistas durante visita à Guiana Francesa.

"Há um governo de leis na Espanha com regras constitucionais. Mariano Rajoy quer que essas regras sejam respeitadas e tem meu total apoio", acrescentou Macron.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que acompanhava Macron, também disse ser importante evitar qualquer divisão ou "fraturas" no bloco da União Europeia.

"Não quero uma situação em que, amanhã, a União Europeia seja formada por 95 Estados diferentes. Temos de evitar divisões, porque já temos divisões e fraturas suficientes, e não precisamos de mais", disse Juncker.

Mais cedo nesta sexta, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, já havia manifestado apoio a Rajoy.

(Reportagem de Ronan Lietar)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos