Ex-presidente peruano Fujimori pede perdão e agradece Kucyznski por indulto

LIMA (Reuters) - O ex-presidente do Peru Alberto Fujimori pediu perdão "do fundo do meu coração" aos peruanos, que reconheceu ter decepcionado e agradeceu ao presidente Pedro Pablo Kuczynski pela concessão de um indulto na véspera do Natal.

Em vídeo publicado no Facebook na manhã desta terça-feira, Fujimori prometeu, deitado em uma cama em um hospital, que como um homem livre irá apoiar o apelo de Kuczynski pela reconciliação do país.

Os comentários foram o primeiro pedido de desculpas explícito de Fujimori ao país andino e vieram após dois dias de instabilidade desde que Kuczynski anunciou inesperadamente o indulto ao ex-presidente.

O indulto liberou Fujimori de suas condenações anteriores por corrupção e crimes contra os direitos humanos cometidos durante seu governo de 1990 a 2000.

Na noite de segunda-feira, Kuczynski pediu que todos os peruanos contrários ao perdão "virassem a página".

(Reportagem de Marco Aquino)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos