Venezuela expulsa embaixador espanhol após sanções da União Europeia

CARACAS (Reuters) - A Venezuela disse nesta quinta-feira que declarou o embaixador espanhol "persona non grata", dias depois que a União Europeia (UE) impôs sanções contra autoridades graduadas do governo socialista.

O ministro de Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, afirmou que a medida foi causada por "contínuas agressões e repetidas interferências nas questões internas do nosso país pelo governo espanhol".

(Reportagem de Andrew Cawthorne)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos