Erdogan diz que Turquia conseguiu evitar envio de soldados sírios para Afrin por meio de negociações

ANCARA (Reuters) - A Turquia conseguiu evitar um possível envio de tropas do governo sírio para a região de Afrin, no noroeste da Síria, disse o presidente turco, Tayyip Erdogan, nesta terça-feira, um dia após conversar com os líderes da Rússia e do Irã sobre a questão.

A Turquia havia alertado na segunda-feira que confrontaria forças do governo sírio caso elas entrassem em Afrin para ajudar a milícia curda YPG a repelir uma ofensiva turca na região, após relatos sobre um possível acordo entre a YPG e o governo de Damasco, no domingo.

Erdogan fez a declaração nesta terça-feira a repórteres após discurso ao Parlamento em Ancara.

(Reportagem de Gulsen Solaker)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos