PUBLICIDADE
Topo

Presidente do Irã diz que depende da Europa salvar acordo nuclear

31/07/2018 07h36

LONDRES (Reuters) - O presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse nesta terça-feira que a saída dos Estados Unidos do acordo nuclear com Teerã foi "ilegal", e agora depende da Europa preservar o tratado.

Em maio, os Estados Unidos saíram do acordo fechado em 2015 entre potências mundiais e o Irã, sob o qual sanções internacionais foram suspensas em troca de reduções no programa nuclear iraniano.

"Após a retirada ilegal dos Estados Unidos do acordo nuclear, a bola está com a Europa agora", disse Rouhani durante reunião com o embaixador do Reino Unido em Teerã, Rob Macaire, de acordo com seu site.

"A República Islâmica nunca buscou tensão na região e não quer qualquer problema em vias navegáveis globais, mas não irá desistir facilmente de seus direitos de exportar petróleo", disse Rouhani.

Rouhani e alguns comandantes militares graduados têm ameaçado interromper o transporte de petróleo de países do Golfo Pérsico através do estreito de Hormuz se Washington tentar bloquear as exportações de petróleo do Irã.

(Reportagem de Bozorgmehr Sharafedin)