PUBLICIDADE
Topo

Portugal, Espanha e França aceitam receber imigrantes de navio Aquarius

25/09/2018 14h09

PARIS/LISBOA (Reuters) - França, Portugal e Espanha chegaram a um acordo nesta terça-feira para receber imigrantes do barco de resgate Aquarius, disse o Ministério de Interior português, depois que o governo italiano se recusou a permitir que a embarcação que está saindo da costa de Malta atracasse no país.

Portugal disse que concordou em receber 10 dos 58 imigrantes a bordo como parte de uma "resposta de solidariedade ao fluxo de imigrantes buscando chegar à Europa pelo Mediterrâneo".

Malta disse que os imigrantes serão transferidos para um barco de patrulha em águas internacionais e levados à ilha, e então serão levados a outros quatro países europeus.

Não estava claro de imediato quantos imigrantes irão para a França e para a Espanha, nem qual é o quarto país europeu envolvido.

"Malta e França mais uma vez vão à frente para resolver o impasse com os imigrantes", disse o primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, no Twitter, acrescentando que o presidente francês, Emmanuel Macron, e outros líderes querem mostrar a abordagem mais multilateral possível.

No domingo, o ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, da partido de extrema-direita Liga, disse que os portos italianos seguiriam fechados para navios de resgate de imigrantes.

(Reportagem de Axel Bugge, em Lisboa; Brian Love e Jean-Baptiste Vey, em Paris; e Chris Scicluna, em Valletta)