Topo

Rússia diz estar alarmada por conversas dos EUA sobre opção militar para Venezuela

16/01/2019 08h22

MOSCOU (Reuters) - O chanceler russo, Sergei Lavrov, disse nesta quarta-feira que a Rússia está alarmada com as conversas dos Estados Unidos sobre a possibilidade de algum tipo de possível opção militar norte-americana contra a Venezuela, e acusou Washington de influenciar a oposição para bloquear negociações com o governo.

Lavrov afirmou, em sua entrevista coletiva anual, que a abordagem dos EUA com a Venezuela mostra que continuam em vigor os esforços norte-americanos para tentar minar os governos de que não gostam no mundo todo.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse em 2017 que não descartava uma "opção militar" para pôr fim ao que considera um caos econômico na Venezuela, que é uma aliada próxima da Rússia.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin e Christian Lowe)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias