PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
10 meses

MG define termos financeiros para acordo por Brumadinho e marca nova audiência

Novos termos financeiros para reparação socioeconômica e socioambiental foram definidas para Brumadinho - Douglas Magno / AFP
Novos termos financeiros para reparação socioeconômica e socioambiental foram definidas para Brumadinho Imagem: Douglas Magno / AFP

Marta Nogueira

03/02/2021 12h40

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Autoridades de Minas Gerais definiram, em tratativas nas últimas horas, os termos financeiros para as medidas de reparação aos danos socioeconômicos e socioambientais causados pelo rompimento de barragem em Brumadinho e marcaram nova audiência para quinta-feira, informaram em nota nesta quarta-feira.

No novo encontro, segundo a nota, poderão ser endereçados entendimentos finais e possível assinatura do Termo de Reparação com a mineradora Vale, que deverá envolver investimentos e ações com foco nas regiões atingidas e sua população, explicou o governo mineiro, com os ministérios públicos estadual e federal e a Defensoria Pública.

A nota não fala em valores. A Vale não comentou o assunto de imediato.

"As Medidas de Reparação tratam dos danos coletivos à sociedade e ao Estado, sem interferir em ações sobre indenizações e danos individuais, assim como em ações criminais. Já a reparação socioambiental integral não possui teto financeiro", disseram as autoridades.

Cotidiano