PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
4 meses

Produção mexicana da vacina russa Sputnik V deve começar no final de junho

07/05/2021 16h39

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A produção da vacina russa Sputnik V contra Covid-19 provavelmente começará no México durante a última semana de junho, disse o Ministério da Saúde do país nesta sexta-feira, enquanto o governo analisa sua autorização de uso emergencial.

Especialistas da agência de segurança da saúde Cofepris viajarão a Moscou para "observar a transferência de tecnologia da Sputnik V" no acondicionamento da vacina, disse o ministério em um comunicado, sem especificar quando a viagem acontecerá.

O comunicado acrescentou que o convite para visitar o Instituto Gamaleya, onde a Sputnik V é feita, foi recebido nesta sexta-feira.

O acondicionamento final da vacina desenvolvida pela Rússia acontecerá nas instalações do laboratório biológico estatal mexicano Birmex, que no começo desta semana foi inspecionado para se verificar suas condições de saúde e segurança.

A Cofepris acredita que realizará o teste exigido da vacina no final de maio, antes da autorização de uso emergencial.

Se aprovada, tal como se espera, a Sputnik V será a terceira vacina contra Covid-19 a ser produzida em massa no México – as outras são a chinesa CanSino e a britânica AstraZeneca.

A Cofepris também avaliará a vacina Sputnik Light de uma dose, incluindo testes preliminares de estágio avançado, acrescentou o comunicado.

(Por Adriana Barrera)