PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Fabricantes de vacina deveriam planejar ajustes contra a Ômicron, diz OMS

03/12/2021 11h21

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - Fabricantes de vacinas contra Covid-19 deveriam se preparar para a "probabilidade" de ter que ajustar seus produtos para proteger as pessoas da variante Ômicron, disse o porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira.

Falando em um briefing da Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra, Christian Lindmeier disse que a agência está estudando a transmissibilidade e a gravidade da variante detectada primeiramente no sul da África no mês passado.

"É muito recomendável que os fabricantes de vacinas já comecem a planejar antecipadamente e se planejem para a probabilidade de ter que ajustar a vacina existente", disse.

"É bom não esperar até o último toque do alarme soar."

A alemã BioNTech deve ser capaz de adaptar sua vacina contra coronavírus de forma relativamente rápida em reação ao surgimento da Ômicron, disse seu presidente-executivo, Ugur Sahin, à conferência Reuters Next nesta sexta-feira.

Cientistas sul-africanos que estudam o surto de Ômicron acreditam que os sintomas são menos graves para aqueles reinfectados com a nova variante da Covid-19 ou infectados após a vacinação, disse um cientista destacado na quinta-feira.

Maria van Kerkhove, a maior autoridade de Covid-19 da OMS, disse na quarta-feira que a agência acredita que terá mais dados sobre a transmissibilidade da Ômicron dentro de dias.