Fávaro diz que acordo Mercosul-UE está próximo, últimos detalhes devem ser acertados dia 4

(Reuters) - O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, disse nesta sexta-feira acreditar que o Mercosul está próximo de firmar um acordo de livre comércio com a União Europeia e manifestou a expectativa de que os últimos detalhes do pacto sejam acertados na segunda-feira da próxima semana, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará em viagem à Alemanha.

Em entrevista à CNN Brasil em Dubai, onde está acompanhando Lula na conferência climática da Organização das Nações Unidas (ONU) COP28, Fávaro disse que o governo brasileiro e o agronegócio do país têm mostrado compromisso ambiental aos europeus e por isso acredita que o acordo esteja próximo.

"Eu sigo junto com o presidente Lula para a Alemanha nas tratativas finais, na busca de um entendimento entre Mercosul e União Europeia para que isso seja formalizado até o dia 7, quando termina o período da presidência do presidente Lula (no Mercosul)", disse Fávaro à emissora.

"A expectativa é boa, não posso adiantar se a gente vai chegar a um bom termo, mas está bastante adiantado e a gente quer, então, no próximo dia 4 acertar os últimos detalhes desse acordo importante, tanto para o Brasil, para o Mercosul e também para a União Europeia... O conjunto da obra nos faz acreditar que estamos perto do acordo com a União Europeia."

Lula se reunirá nesta sexta em Dubai, em meio à COP28, com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e com o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, que ocupa a presidência rotativa da UE, com as negociações para um acordo comercial entre os dois blocos na pauta.

Além das tratativas de Lula com representantes da UE em Dubai e na Alemanha, também estão previstas negociações entre os dois blocos na semana que vem no Brasil e a intenção da diplomacia brasileira é concretizar o acordo, cuja negociação dura vários anos, durante a cúpula do Mercosul, marcada para os dias 6 e 7 de dezembro.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo, e Lisandra Paraguassu, em Brasília)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes