Macron diz que vai ao Catar para trabalhar por nova trégua em Gaza

PARIS (Reuters) - O presidente francês, Emmanuel Macron, disse neste sábado que a França está "muito preocupada" com a retomada da violência em Gaza e que estava indo ao Catar para ajudar a "estabelecer uma nova trégua antes de um cessar-fogo" .

     Macron também disse numa conferência de imprensa na cimeira climática COP28 no Dubai que a situação exigia a redobrada dos esforços para obter um “cessar fogo duradouro” e a libertação de todos os reféns.

      Uma trégua temporária de uma semana entre Israel e o Hamas ruiu na sexta-feira, depois que os mediadores não conseguiram prolongar a pausa. Israel e o Hamas trocaram culpas pelo colapso.