PUBLICIDADE
Topo

Trump exige abertura "imediata" de igrejas, templos e locais de culto nos EUA

22/05/2020 15h50

O presidente norte-americano Donald Trump pediu nesta sexta-feira (22) aos governadores dos estados que autorizem a reabertura de locais de culto "imediatamente", apesar da epidemia de coronavírus, e ameaçou fazê-lo por conta própria, caso não cumpram.  

O presidente norte-americano Donald Trump pediu nesta sexta-feira (22) aos governadores dos estados que autorizem a reabertura de locais de culto "imediatamente", apesar da epidemia de coronavírus, e ameaçou fazê-lo por conta própria, caso não cumpram.  

"Hoje, considero locais de culto - como igrejas, sinagogas e mesquitas - como lugares essenciais que fornecem serviços essenciais", disse Trump em entrevista coletiva na Casa Branca.

"Peço aos governadores que permitam que nossas igrejas e locais de culto reabram imediatamente", afirmou. "Se não o fizerem, ignorarei os governadores", disse Trump,sem especificar como faria isso. Nos Estados Unidos, as políticas de reabertura dependem das autoridades de cada estado federal.  

"Alguns governadores designaram lojas de bebidas e clínicas onde acontecem abortos como essenciais, mas deixaram de fora igrejas e outros locais de culto. Isso é um erro", disse o bilionário republicano, muito popular entre os conservadores evangélicos.  

"Então, estou reparando essa injustiça declarando os locais de culto como essenciais", disse ele, acrescentando que os Centros de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) emitem recomendações de saúde para esses locais a seu pedido.  

"Na América, precisamos de mais orações, e não menos", concluiu Donald Trump antes de sair da coletiva de imprensa, sem responder a nenhuma pergunta.

Notícias