PUBLICIDADE
Topo

Caso George Floyd: como os EUA "pegaram fogo" em uma semana

01/06/2020 14h38

Os Estados Unidos estão literalmente em chamas pelos protestos pelo assassinato do ex-segurança negro George Floyd por policiais na última segunda 25/5) em Minneapolis (Minnesota). O homem de 46 anos foi imobilizado e asfixiado com o joelho por Derek Chauvin, que está preso por homicídio culposo. Outros policiais teriam participado do sufocamento de Floyd, o que aumenta a revolta na família e na população. Manifestantes praticaram quebra-quebra de lojas, incendiaram carros e pediram justiça. A polícia respondeu com violência. Até a Casa Branca foi alvo e o presidente Donald Trump chegou a ser levado, ao lado de sua família, a um bunker de maneira preventiva.

Vídeos