Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/03/28/destruicao-do-estado-islamico-em-palmira-foi-menor-do-que-se-esperava.htm
  • totalImagens: 8
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160328102653
    • Síria [5609]; Crise no Mundo Árabe [47282]; Aplicativo notícias [55626];
Fotos

Depois de dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmira, na Síria, foi libertada por tropas leais ao líder do país, Bashar al-Assad. O museu da cidade foi vandalizado. Ruínas da cidade estão em sua maior parte intactas AFP Mais

Após dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmira, na Síria, foi libertada por tropas leais ao governante do país, Bashar al-Assad. As ruínas da cidade estão em sua maior parte intactas AFP Mais

Depois de dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmira, na Síria, foi libertada por tropas leais ao líder do país, Bashar al-Assad. O museu da cidade foi vandalizado. Ruínas da cidade estão em sua maior parte intactas Reuters Mais

Depois de dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmira, na Síria, foi libertada por tropas leais ao líder do país, Bashar al-Assad AFP Mais

Usado para execuções de vítimas do Estado Islâmico, o anfiteatro de Palmira não foi depredado. Depois de 10 meses sob controle do grupo extremista, a cidade histórica síria foi libertada por tropas leais ao governante do país, Bashar al-Assad AFP Mais

Detalhe do portal de entrada do templo de Bel, também destruído pelo Estado Islâmico. Após dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmira, na Síria, foi libertada por tropas leais ao líder do país, Bashar al-Assad AFP Mais

Imagens de satélite mostram que um templo de dois mil anos de fundação foi implodido. Após dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmira, na Síria, foi libertada por tropas leais ao governante do país, Bashar al-Assad UNOSAT Mais

Artefatos danificados na entrada do museu de Palmira. Após dez meses sob controle do grupo extremista Estado Islâmico, a cidade histórica síria foi libertada por tropas leais ao governo do país AFP Mais

Destruição do Estado Islâmico em Palmira foi 'menor do que se esperava'

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos