Violência no Rio

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2017/10/27/policia-cerca-quatro-morros-no-rio.htm
  • totalImagens: 15
  • fotoInicial: 5
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20171027101928
    • Rio de Janeiro [5108];
    • Notícias [35976]; violência no Rio de Janeiro [45093]; Polícia [11732]; Forças Armadas [45534];
Fotos

27.out.2017 - A Secretaria de Segurança do Estado do Rio de Janeiro realiza desde a madrugada desta sexta-feira (27) uma operação em quatro morros do Rio de Janeiro José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - A operação ocorre em conjunto com as polícias Civil e Militar e com o apoio das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e da Polícia Federal no morro do São Carlos, no centro do Rio José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - Segundo o CML (Comando Militar do Leste), 1.700 militares e dez carros blindados das Forças Armadas participam do cerco às comunidades José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - Os agentes tentam cumprir mandados de prisão contra traficantes que, de acordo com as investigações, participaram da tentativa de invasão na Rocinha, em 17 de setembro José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - A quadrilha que atua no São Carlos é aliada ao ex-chefe da Rocinha Antônio Bonfim Lopes, o Nem, que cumpre pena na penitenciária federal de Rondônia José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - Desde o mês passado, mesmo detido, Nem tenta derrubar o seu principal oponente, Rogério Avelino da Silva, Rogério 157, e reassumir o controle das bocas de fumo da Rocinha. Rogério assumiu o comando do crime na comunidade após a prisão do antecessor, em 2011 José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - O papel das Forças Armadas na operação é cercar as favelas e controlar os acessos - checando documentos e tentando impedir que suspeitos procurados saiam da região ou recebam reforços de outros criminosos de fora das favelas José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - Enquanto isso acontece, forças policiais entram na área para tentar realizar prisões e apreensões. Os militares também estão fornecendo informações de inteligência para apoiar os policiais José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

27.out.2017 - Na rua Frei Caneca, tropas fazem um cerco próximo ao condomínio do programa Minha Casa, Minha Vida, construído no terreno de um antigo presídio carioca. A presença do Exército no local, no entanto, não impede a livre circulação dos moradores. "A gente tem que trabalhar, né? A vida não pode parar", disse rapidamente uma mulher que se deslocava para o ponto de ônibus e que não quis se identificar Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

27.out.2017 - Tropas do Exército patrulham vias próximas ao condomínio do programa Minha Casa, Minha Vida, na rua Frei Caneca, no bairro do Estácio, na região central da cidade Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

27.out.2017 - Condomínio do programa Minha Casa, Minha Vida foi construído em terreno onde funcionou um antigo presídio carioca, na rua Frei Caneca, no bairro do Estácio, região central da capital fluminense Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

27.out.2017 - Na via de acesso ao morro do São Carlos, a movimentação de moradores e comerciantes se dá com tranquilidade. Muitos carros da Polícia Civil, de unidades como DRFA (Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis) e Core (Coordenadoria de Recursos Especiais), e da Polícia Militar patrulham o local Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

27.out.2017 - Segundo relatos de comerciantes, houve troca de tiros no começo da manhã, pouco depois da chegada das forças de segurança. Motoboys e veículos de transporte sobem e descem normalmente pela principal rua de acesso à comunidade Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

27.out.2017 - Militares que atuam no cerco ao São Carlos dá ordem de parada a veículo de carga que descia a favela. As tropas estão posicionadas nas principais rotas de acesso à comunidade. Carros de passeio e mototaxistas também estão sendo parados e revistados Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

27.out.2017 - Militar aponta fuzil para interior de um veículo de carga após abordagem a um motorista que havia acabado de descarregar alimentos em uma padaria no morro do São Carlos Hanrrikson de Andrade/UOL Mais

Polícia cerca quatro morros no Rio

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos